.   


LIVE Saiba mais Atendimento à Distância

Regulamento
de Consulta

Certidão e Autenticação
de Documentos
Projetos

Sobre o Arquivo Público

   Idealizado pelo engenheiro civil Hercílio Pedro da Luz em 1898 e instituído de forma definitiva por meio da Lei nº 2.378 de 28 de Junho de 1960, pelo então governador Heriberto Hülse, o Arquivo Público do Estado de Santa Catarina  abriga cerca de 2.500 metros lineares de documentos, o que corresponde, aproximadamente, a 130 mil códices/livros ou 6 milhões de folhas de registros, que estão organizados em mais de 200 conjuntos documentais.  Dedica-se à gestão, preservação e difusão da documentação que registra a história administrativa de Santa Catarina desde o século XVIII, garantindo o acesso aos documentos públicos e históricos de interesse da sociedade.
   O acervo retrata a história político-administrativa de Santa Catarina desde 1703 e evidencia as ações e relações estabelecidas pelo governo da Ilha de Santa Catarina com o poder régio ou poder central desde o período colonial, passando pela província dos tempos imperiais até meados do século XX do período republicano. De forma mais detalhada, a documentação explicita as peculiaridades da governança, a formação territorial, econômica e social nesse espaço.
   Somam-se a esse patrimônio documental um acervo cartográfico de mais de 4 mil mapas, plantas e croquis, 9 mil imagens iconográficas, 700 materiais multimeios e uma Biblioteca de Apoio que acomoda mais de 5 mil volumes bibliográficos textuais, dentre eles obras raras datadas entre 1752 e 1959.
   Com a publicação da Lei Complementar nº 741/2019, o Arquivo Público do Estado passou a ser vinculado à Fundação Escola de Governo – ENA na Diretoria do Arquivo Público – DIAP.
   O acervo está disponível, gratuitamente, para consulta na sede do Arquivo Público. Clicando no link abaixo, é possível acessar cerca de 40% do acervo iconográfico do Arquivo Público, assim como a relação de livros, periódicos, mapas, plantas e croquis. Também estão disponíveis os 272 instrumentos de pesquisa produzidos pelo Arquivo Público. São índices, inventários, catálogos e transcrições que auxiliam a pesquisar no acervo.
   Em breve, o Arquivo Público iniciará a digitalização de parte de seu acervo em parceria com o Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL) do Ministério Público do Estado de Santa Catarina. Cerca de 3 milhões de páginas estarão disponíveis para acesso na internet, incluindo a coleção completa do Diário Oficial do Estado.

     Consulta ao acervo”.


Siga nossas redes sociais:

Facebook @arquivopublicosc
Resultado de imagem para google instagram transparente @arquivopublicosc